quarta-feira, 14 de abril de 2010

Copa do Brasil - Fluminense X Portuguesa-SP


Galera Tricolor, O Fluminense enfrenta a Lusinha pelas oitavas-de-final da Copa do Brasil, essa partida poderá ser a última de Cuca sob o comando do Tricolor, pois noticia dão conta de q Muricy está bem perto de um acerto, essa partida tbm será a de número 50 de Fred com a camisa do Fluzão. Para esse jogo o técnico Cuca barrou o burocrático Julio Cesar, colocando em seu lugar o polivalente Marquinho, com isso o time vai jogar com: Rafael, Gum, Cássio e Leandro Euzébio; Mariano, Diguinho, Conca, Everton e Marquinho; Alan e Fred. Agora um pouco de história, o Fluminense levantou um dos grandes títulos de sua história, ao tornar-se o primeiro clube carioca a conquistar o Torneio Rio-São Paulo (considerando-se o torneio Rio-São Paulo de 1940 como não concluído, qdo o Fluminense e o Flamengo o lideravam com folga para os demais competidores e o torneio foi encerrado), na época em q este torneio era a maior competição de clubes do Brasil, embrião do Campeonato Brasileiro. O Tricolor conquistou o título invicto de 1957, com 7 vitórias e 2 empates, 23 gols a favor e 11 contra. A partida da última rodada contra o São Paulo, no Maraca (com vitória do Fluminense 2 a 1), foi apenas uma partida festiva. Waldo, o maior artilheiro da história do Fluminense, foi o artilheiro do torneio com 13 gols, fato q se repetiria na segunda conquista do Flu, em 1960, qdo Waldo marcou 11 tentos. O jogo q decidiria o título daquele ano foi contra a Lusa do Canindé, em São Paulo. E o Fluminense venceu por 3 a 1, garantindo para sí o título do Torneio Rio-São Paulo de 1957. Este, talvez, o jogo mais importante da história entre as duas equipes.

Ficha da Partida q decidiu o título:

Portuguesa 1 x 3 Fluminense

Local: Estádio Paulo Machado de Carvalho (Pacaembu), em São Paulo.
Data: 29 de maio de 1957 - Público: 10.287 pagantes.
Árbitro: Eunápio de Queiroz - Gols: Liminha, Waldo (2) e Léo - Expulsão: Liminha, da Portuguesa.
Portuguesa: Cabeção; Djalma Santos e Beiço (Mário Ferreira); Julião, Orlando e Hermínio; Amaral, Didi (Ipojucã), Liminha, Zezinho (Nelsinho) e Edmar.
Fluminense: Vítor Gonzalez; Cacá e Roberto (Beto); Ivan, Clóvis e Altair; Telê, Robson, Waldo, Jair Francisco (Léo) e Escurinho (Djair). Técnico: Silvio Pirilo.

Durante toda história do clássico, o Tricolor e Lusa paulista se enfrentaram em 60 ocasiões, com 22 vitórias do Flu, contra 18 da Portuguesa, sendo q, a última partida entre as duas equipes ocorreu no ano de 2008, no Maraca, pelo Campeonato Brasileiro com vitória nossa por 3 a 1 com gols de Washington, Tartá e Maicon. Ao todo o Fluminense marcou 107 gols e sofreu 90, um saldo positivo de 17 tentos. Q esse retrospecto continue a favor do Fluzão.

"Vamos Fluzão, Vamos Ganhar!"

Saudações Tricolores,

2 comentários: