quarta-feira, 30 de dezembro de 2009

Garotos de Xerém terão chance em 2010


Galera Tricolor, quatro jogadores do time de juniores do Fluminense serão incorporados ao elenco profissional e viajarão para Vitória, onde o clube fará a pré-temporada. São eles: os atacantes Dori(Artilheiro do Campeonato Brasileiro sub-20) e Bruno Veiga e os meias Ferreira e Neves. Além deles existe a possibilidade de Raphael Augusto e Wellington tbm serem aproveitados no Estadual de 2010. O treinador da equipe de juniores, o ex-jogador Mário Marques, campeão carioca em 1980 com a camisa 10 tricolor, aposta q a garotada Tricolor está preparada para enfrentar o desafio e seguir os mesmos 0passos de jogadores prata da casa como Dalton, Digão, Maicon, Alan e Dieguinho. Destes garotos Dori e Bruno Veiga já vêm se destacando na base há tempos. Ambos possuem um currículo recheado de títulos como Mundiais e vários gols e a expectativa, nos bastidores do clube, é q ambos sigam o mesmo caminho que Alan e Maicon vêm trilhando. Já os volantes Ferreira e Neves chamaram a atenção mais recentemente. O primeiro foi muito bem no Brasileiro sub-20 e o segundo é o capitão do time vem mantendo boas atuações desde a Copa São Paulo de 2009. O caminho de apostar na garotada é certo e agora é aguardar para ver os garotos em campo com a camisa Tricolor na equipe profissional.

"Vamos Fluzão, Vamos Ganhar!"

Saudações Tricolor,

Enfim dois reforços


Galera Tricolor, o Fluminense acertou mais enfim com dois reforços nesta última segunda-feira. Depois contratar o volante/lateral/ala Thiaguinho, chegaram o bom apoiador Ewerton ex-Barueri, e o ala/lateral-esquerdo, Julio Cesar q disputou o Brasileiro pelo Goiás e foi eleito o melhor de sua posição no último Brasileirão, eles chegam ao Tricolor para a temporada de 2010.
Para trazer os dois jogadores o Fluzão comprou 50% de seus direitos econômicos juntamente a Barueri e Cruzeiro. Com isso o nosso Tricolor segue buscando reforçar a equipe, mas uns 3 ou 4 jogadores devem ser contratados, Mariano deve renovar seu contrato e a barca deve zarpar com 11 tripulantes como: Luiz Alberto, Augusto, Ruy, Radamés, Fabinho, Urrutia, Wellington Monteiro, Paulo César, Roni, Carlos Eduardo e Leandro Amaral. Dois jogadores devem ser emprestados Tartá ao Bahia e João Paulo ao Figueirense. Edcarlos q tinha sua renovação dada como certa, vai voltar para o Benfica, pois o clube português vai negocia-lo em definitivo com outro clube com isso deve pintar um novo zagueiro para o seu lugar no Fluzão. A maior novidade é a correta posição da diretoria de q os jogadores q não quiserem aceitar as dispensas vão treinar em separado do grupo principaal, com isso o elenco para o próximo ano terá apenas 30 jogadores ou melhor 30 guerreiros.

"Vamos Fluzão, Vamos Ganhar!"

Saudações Tricolores,

segunda-feira, 28 de dezembro de 2009

Fluzão renova com a Unimed para 2010


Galera Tricolor, o Fluminense confirmou a renovação do contrato com a Unimed por mais uma temporada. A parceria q já dura mais de uma década, continuará em 2010 podendo ainda ser prorrogada por mais um ano (isso depende de quem vencer). Este modelo de contrato deve-se às eleições q ocorreram no fim de 2010, q deverão dar por encerrada a gestão de Roberto Horcades. Com a parceria renovada, o Fluminense já pode tornar mais viáveis as contratações de reforços para o ano que se aproxima. Mesmo o contrato sendo de apenas um ano, o Fluminense pode tirar muito proveito disso, pois os valores do futebol agora são outros exemplos: Após a venda de Alex Teixeira e Alan Kardec, o Vascú acumulou cerca de EU$ 9 milhões, ou cerca de R$ 23 milhões. Descontados os valores gastos com intermediários, as notícias dão conta q cerca de R$15 milhões entrarão nos cofres do bacalhau, o q vai ser suficiente para colocar em dia todos os atrasados de jogadores e funcionários, custear o elenco para 2010 e ainda adquirir os direitos de Carlos Alberto em definitivo. Outro exemplo de inflação nos preços ocorre nos patrocínios de camisa. A Hypermarcas (administradora de produtos como Bozzano e Avanço) resolveu investir pesado: fechou contrato anual com o Flamerda por R$ 28 milhões anuais. Para o Cúrinthians, pretendem pagar pelo menos R$ 38 milhões neste ano. Os valores para anunciantes de camisa servem como referência para o Fluminense, q estará em posição de renegociar contrato com a Unimed ao fim de 2010, uma vez q a patrocinadora renovou o compromisso por apenas mais um ano. Não sou contra a Unimed, mas sou a favor de q se entre mais dinheiro ou se pague todos os salários dos jogadores. Os preços dos atletas também são uma importante ressalva para o Flu, afinal, o elenco atual é jovem e promissor, e certamente jogadores como Maicon, Alan, Dalton, Digão, Gum, Neves, Wellington Silva, Wellington, Bruno Veiga e Dori, entre outros, podem sofrer assédio para mostrar seu futebol em outras bandas. Reconheço q a negociação de jogadores ainda é uma importantíssima fonte de receita para todos os clubes, na minha visão acho q a venda de uma promessa ou duas por ano se consiga fazer caixa para toda temporada, mas se for para liberar alguma de nossas promessas ao longo do ano, q seja por um valor muito justo.

"Vamos Fluzão, Vamos Ganhar!"

Saudações Tricolores,

quinta-feira, 24 de dezembro de 2009

Negociações de Natal


Galera Tricolor, o Fluzão está em pleno trabalho neste Natal e em breve pode anunciar algo de bom bom para nossa torcida ou seja reforços, nomes estão sendo especulados e alguns estão bem adiantados como Julio Cesar ex-Goiás eleito o melhor lateral-esquerdo do último Campeonato Brasileiro, o meia Willians do Palmeiras, o tbm meia Ewerton revelação do Barueri e o volante do América-RN, estes dois últimos numa disputa especial com o Bostafogo. Bem em termos de reforços o nosso Tricolor q já tem uma base de guerreiros formada, parece q vi dar continuidade a isso e não vai inchar o elenco trabalhando apenas com 30 jogadores e a barca deve ser composta por Fabinho, Augusto, Radamés, Carlos Eduardo, Luiz Alberto, Roni, Paulo Cesar, Urrutia, Wellington Monteiro e João Paulo. Bom é esperar q talvez nesse ano o presente de Natal de Papai Celso Barros só deve sair mesmo dps do Natal...rsrsrsrs

"Vamos Fluzão, Vamos Ganhar!"

Saudações Tricolores,

Thiaguinho chega para completar elenco em 2010


Galera Tricolor, o Fluzão anunciou a contratação do volante/ala/lateral Thiaguinho para 2010, o jogador chega por empréstimo de 2 anos. Os valores dos direitos federativos foram fixados e o clube terá prioridade de compra no futuro.Trata-se de um bom joagador apar completar o elenco na próxima temporada, pois tem um espirito guerreiro e joga em várias posições. Reforços de peso para serem titulares serão contratados, segundo informações o Fluzão além de Thiaguinho deve contratar mais 6 ou 5 jogadores, pelo menos destes uns 3 já chegarão para jogar como um lateral-esquerdo, volante e um meia.

Nome: Thiago Rocha da Cunha

Posição: Volante

Naturalidade: Rio de Janeiro (RJ)

Nascimento: 22/11/84

Altura: 1m69

Peso: 60kg

Clubes: Boavista(RJ) e Botafogo (RJ)

"Vamos Fluzão, Vamos Ganhar!"

Saudações Tricolores,

sexta-feira, 18 de dezembro de 2009

Garotada de Xerém está nas semis do Brasileiro Sub-20


Galera Tricolor, em jogo emocionante, o Fluminense derrotou o Bostafogo por 5 a 4 nos pênaltis - houve empate em 2 a 2 no tempo regulamentar no Estádio do Vale, em Novo Hamburgo (RS). Com o resultado, os garotos Tricolores chegaram à fase semifinal do IV Campeonato Brasileiro Sub-20 e agora esperam pela definição do seu adversário q sairá do confronto entre Flamerda e Atlético-MG q jogam hoje, em Santa Maria. O Fluminense volta a campo às 16h, de domingo (20/12), em Passo D´Areia, em Porto Alegre, para decidir sua vaga à finalíssima do Brasileiro Sub-20.

O JOGO:
O primeiro tempo começou de forma eletrizante para o Fluminense. Bruno Veiga marcou dois gols logo nos primeiros minutos da partida e desta forma chegou à artilharia do Brasileiro Sub-20, com quatro gols. Antes do fim da primeira etapa, o Bostafogo marcou seu primeiro gol e aumentou o clima de decisão para a etapa final. No segundo tempo, o Bostafogo partiu com tudo para o ataque e conseguiu o gol de empate em cobrança de pênalti. O Fluminense perdeu várias chances de gol, duas delas com Wellington e Dori. Um problema ficou por conta da contusão do zagueiro Raphael, q saiu de campo direito para o Hospital Geral de Novo Hamburgo com suspeita de fratura no braço direito. O jogo terminou com o placar de 2 a 2 e, na cobrança de pênaltis, o Fluminense venceu por 5 a 4. Marcaram para a equipe tricolor: Bruno Veiga, Marlon, Bruno, Ryan e Wellington. Agora é esperar nosso próximo adversário e partir com tudo apostando nessa garotada. O Fluminense jogou com Rafael Costa; Ryan, Raphael (Lucas), Ricardo e Ayrton; Ferreira (Marlon), Neves (Bruno), Raphael Augusto e Wellington; Bruno Veiga e Dori.

"Vamos Fluzão, Vamos Ganhar!"

Saudações Tricolores,

quinta-feira, 17 de dezembro de 2009

Nomes para 2010


Galera Tricolor, já existem vários nomes sendo especulados para a temporada de 2010 dps da confirmação da renovação de Cuca. Alguns nomes me agradam outros nem tanto, mas acho q o mais importante é saber qdo e com q tripulantes a barca vai zarpar das Laranjeiras. Na minha humilde opinião os integrantes deveriam ser: Wellington Monteiro, Fabinho, Augusto, Radamés, Luiz Alberto, Ruy, Roni e Carlos Eduardo. Pouparia PC, Leandro Amaral e Edcarlos, o primeiro chegou fora de forma no meio da temporada, mas pode render mais, o segundo tem q saber se vai ficar de chinelinho ou se vai jogar bola, se quiser jogar tem potencial para ficar tbm, o terceiro pode completar o elenco, pois com três zagueiros ele não compromete, vide sua passagem no São Paulo. Já sobre reforços parece q os alvos são as laterais, um volante, um meia e um atacante. Para essas posições aparecem alguns bons nomes como: Nei ex-Atlético-PR para direita, Julio Cesar ex-Goiás para esquerda e Ewerton ex-Barueri como volante. Agora é esperar para saber se vão vir ou não, mas são bons nomes e para as posições q precisamos, com isso nada de contratar por contratar, só para inchar o elenco em 2010. A pré-temporada da equipe será realizada em Vitória, no campo da Estiva, a partir do dia 4 de janeiro. Os jogadores se apresentam nas Laranjeiras um dia antes para a realização dos exames médicos e viajam para a capital do Espírito Santo. A delegação volta ao Rio em 16 de janeiro e segue direto para Campos, onde enfrenta o Americano no dia seguinte, pela estreia do Campeonato Carioca.

"Vamos Fluzão, Vamos Ganhar!"

Saudações Tricolores,

sexta-feira, 11 de dezembro de 2009

Não sabem nada esses BURROS


Galera Tricolor, seguem abaixo alguns comentários de pessoas q não sabem nada de futebol, o Fluzão provou q os matemáticos e os comentaristas não sabem nada...rsrsrsrs e ainda tem gnt q ouve ou acredita nestes caras:

05/08/2009: "Será q teremos Fla-Flu no BR2010?Acho q não.(André Kfouri numa ironia sobre o possível rebaixamento do Fluzão)

30/08/2009: “[...] o Fluminense está praticamente rebaixado para a Série B em 2010. E para que essa queda não aconteça, só mesmo com muita oração e acompanhada de um baita milagre. O time além de fraco parece também já ter absorvido a idéia de que é praticamente impossível sair dessa situação. O próximo confronto do Flu será no tenso Maracanã domingo que vem e com outro concorrente direto a voltar para a segunda divisão, o Náutico. E no caso de um placar que não seja a vitória, daí sim o torcedor tricolor terá a certeza que ano que vem o time voltará a jogar as terças e sextas.” (Benjamin Back)

03/09/2009: “Na parte de baixo, Fluminense já caiu. A não ser que Nossa Senhora da Glória, a padroeira do Flu, faça um milagre e tire o Tricolor das Laranjeiras do buraco. Mas como o futebol é a coisa mais importante dentre as menos importantes, e como a santa tem coisa mais importante para fazer, o Fluminense já caiu. Como diria Jorge Cury: Anooooooteeeeeeem!” (Milton Neves)

21/09/2009: “Rapidinho, só para encerrar o programa: e o Fluminense? Já caiu, né?” (Cléber Machado, no Arena Sportv. Todos os presentes concordaram rapidamente com ele.)

22/09/2009: “Fluminense rebaixado!” (Marcelo Delfino)

05/10/2009: “Já o Flu, mais uma vez vai para a Série B. Agora nem mais com milagre…” (Benjamin Back)

08/10/2009: “Já o Fluminense é impressionante a boa vontade da imprensa carioca. Todos discutem números, porcentagens para isso, para aquilo. Fala que caiu logo, pô! A chance do Tricolor das Laranjeiras escapar da Série B em 2010 é a mesma do Godói virar um Lorde Inglês.” (Neto)

08/10/2009: “Já no vazio e melancólico Maracanã, o rebaixado Fluminense apenas empatou com o sonolento Corinthians. [...] Repito: nem milagre mais salva esse time da Série B no ano que vem!” (Benjamin Back)

08/10/2009: "O Fluminense já foi rebaixado, já é uma página virada, vamos para outro assunto." (Juca Kfouri)

10/10/2009: "O Fluminense vai para jogar a Série B de 2010 com transmissão da RedeTV, seja muito bem vindo Fluminense! (Ronaldo comentarista da RedeTV)

30/10/2009: “Já o Atlético-MG fez um péssimo resultado no Maracanã. Perder para o Fluminense, que na minha opinião já está rebaixado, não pode, né?” (Neto)

30/10/2009: “Cruzeiro 7 x 1 Fluminense. Vocês sabem que eu amo o Cruzeiro, né? Principalmente quando ele perde para o Galo. Mas como o Fluminense da Gama ganhou #roubado# ontem do Atlético, será castigado pelo Cruzeiro, que faz a melhor campanha do returno. Será um baile. Mas nada de rebolar, viu, Mineirão?” (Milton Neves, palpitando sobre o jogo que acabaria Cruzeiro 2 x 3 Fluminense)

01/11/2009: “Cruzeiro 2 x 3 Fluminense. Aqui errei, mas esse milagre nem as mães do presidente do Flu e do Fred acertariam. Mas foi só o canto do cisne do Tricolor carioca!” (Milton Neves, tendo que colocar o rabo entre as pernas, mas ainda apostando no rebaixamento do Fluminense!)

Não contei tbm com os abutres dos torcedores rivais (Flameguistas, Vacaínos e Botafoguenses) q já davam como certo o nosso rebaixamento, agora espero q aprenda q para o Fluzão nada é impossível.

"Vamos Fluzão, Vamos Ganhar!"

Saudações Tricolores,




quinta-feira, 10 de dezembro de 2009

O q é Fluminense...


Galera Tricolor, segue abaixo um texto muito bonito retirado do Pavilhão Tricolor:

"Audrey Hepburn uma vez disse... Mas, peraí, por que estou citando Audrey Hepburn? O que ela pode ter a ver com o assunto? Calma, para quem não se lembra, Audrey, além de dona do rosto mais perfeito que o cinema já viu, era aquela elegantérrima atriz de traços pequeninos e delicados que surgiu para o cinema em uma época em que tipos como o dela não davam lá muito ibope.


Era a época de musas curvilíneas, roliças e peitudonas, de cintura fina de pin-up e uma beleza estilo perua como a de Elizabeth Taylor, ou de (falsas) louras fatais como Marylin e Jane Mansfield.


E Audrey, magrinha e sutil, com seu rosto perfeito e suave, sua beleza discreta e seus sapatos sem salto, foi acusada de não ter sex appeal. Certa vez, um produtor disse que ela não era uma mulher que os homens quereriam levar para a cama. Ao que ela respondeu: Eu não sou a mulher que os homens querem levar para a cama. Sou a mulher por quem os homens se apaixonam.


O Fluminense também é assim. O Fluminense não é a louraça gostosona. Não é a peituda belzebu. Não é o mulherão que atrai de cara todos os olhares. Não.


O Fluminense exige mais. O Fluminense é sutil. É refinado. É mais difícil. Não foi mesmo feito para multidões, não, ele é mais selecionado. Ele exige apuro no paladar.


Paciência. Alguma maturidade. Discrição. Não tem vontade de aparecer, de ser sempre o centro das atenções. Não é megalômano. Não é dionisíaco.


Tem o seu discreto charme. Sabe o valor do verdadeiro refinamento, aquele que se revela nos detalhes, na constância, na simplicidade.


O Fluminense é a mulher mais linda da festa, mas que não faz questão de chamar atenção para sua beleza o tempo todo.


É a mulher que se senta quieta em sua mesa, enquanto as outras vão disputar o centro da pista. O Fluminense é aquele homem que ganha a moça na conversa, devagar, aos poucos, falando baixo.


É aquele livro que não está na lista dos mais vendidos, mas que se chega às suas mãos, transforma sua vida. É aquele filme independente, que não vai estourar nas bilheterias, mas com um conteúdo inesquecível. Não é micareta, é um diálogo. Não é bombação, é intimidade. Não é o point, é selecionado. Não é jamais histérico. É sempre sutil.


Não é nada, nada fácil ser Fluminense. Exige segurança o suficiente para nadar contra a corrente. Não ser Maria vai com as outras. Não se deixar levar pelo oba-oba da maioria.


É saber, às vezes, sustentar sozinho uma conversa em mesa de bar. É ter a certeza de que quantidade e qualidade podem ser diametralmente opostos. É saber que jamais, jamais, em tempo algum, se contará com qualquer apoio da mídia e das organizações oficiais.


É saber que a luta que se luta só é mais difícil, mas tem mais valor. É ter consciência de caminhar solitário, mas jamais abandonar seu caminho. É desafinar o coro dos contentes. É nadar contra a corrente. E, acima de tudo, ter fé no amor.


Sim, fé no amor, mas não esse amor de multidão, esse amor comum, esse amor de bêbado, de beira de calçada, de fim de noite. Não. Isso, para nós, é pouco. Amor, para nós, é eterno, é absoluto, independente de qualquer circunstância.


Nossa historia, que se confunde com a própria historia do futebol brasileiro, essa historia de imensas glórias, de imortais craques, de eternos ídolos e incontáveis conquistas, sofreu sérios arranhões na década de 90, a partir de quando nos tornamos a Geni do futebol brasileiro. Joga pedra no Fluminense. Joga bosta no Fluminense. Ele é feito para apanhar, ele é bom de cuspir.


Mas, mesmo solitários, nós não desistimos. Pois nos sabemos destinados à grandeza, mesmo na derrota. Sabemos que somos únicos, mesmo quando desacreditados. E sabemos que nosso amor é insuperável e inigualável.


O Fluminense pode não ser o amado pelo maior número de pessoas, mas certamente recebe o maior amor do mundo daqueles que o amam. Um amor que superou uma década negra como nenhum outro grande clube brasileiro jamais viveu. Um amor que provou errados todos aqueles que diziam que estávamos acabados. Que o fim havia chegado.


Coitados...


Não previam a nossa capacidade de doação, a grandeza e a profundidade do nosso sentimento. Um sentimento tão absoluto que provou ser o clube uma Fênix infinita, que renasce muitas e muitas vezes.


Dane-se a mídia, danem-se as multidões. Dane-se a histeria coletiva. Nós não precisamos deles. Acabamos de dar mais uma prova de nossa grandeza, de nossa criatividade, de nossa originalidade, de nossa devoção. Todas as dificuldades que encontramos só nos engrandecem.


Não, não somos para todos. Não, não somos a opção mais fácil. Em torno de nós, não há jamais oba-oba, histeria, rasgação de seda. Sim, somos um espetáculo de público mais selecionado. Sim, nossa sutil grandeza pode não ser percebida. Por isso mesmo, somos como aquela moça citada lá em cima. Não somos o tesão da galera. Não somos a mais gostosa da VIP. Somos muito mais do que isso.


Somos puro, verdadeiro, constante, pacifico, sólido, maduro e absoluto amor."


Este texto foi originalmente publicado no blog www.primocruzado.blogspot.com.


quarta-feira, 9 de dezembro de 2009

Planejamento de 2010


Galera Tricolor, dps de um ano agitado e um final de Brasileiro de arrepiar, agora é hora de planejar 2010, pois nossa torcida tem sede de títulos. Para começar bem o ano de 2010 temos q manter Cuca no comando da equipe, juntamente com o Ronaldo Torres, pois essa dupla foram os pilares de sustentação da arrancada Tricolor. Temos q manter tbm a nossa base com: Rafael, FH, Berna, Mariano, Digão, Gum, Dalton, Cássio, Dieguinho, Marquinho, Diogo, Diguinho, Mauricio, Urrutia, Conca, Equi, Tartá, Maicon, Fred, Alan e Kieza. Já a barca tem q sair lotada com: Fabinho, Augusto, Wellington Monteiro, Luiz Alberto, Edcarlos, Radamés, Carlos Eduardo, Ruy, Roni, Adelíson e Fábio Neves. No grupo Tricolor existe um jogador q não foi muito aproveitado, ele chegou fora de forma no meio da temporada e reclamou na hora errada, mas na minha opinião é muito bom jogador e pode ser útil tanto na lateral, na ala ou no meio, trata-se de Paulo Cesar, gostaria q ele tivesse uma oportunidade de se recuperar e mostrar seu futebol em 2010. Já Leandro Amaral se estiver recuperado e voltar a jogar bola pode ser um bom nome, mas se for para continuar no DP, q vá tbm na barca. A maioria dos jogadores Tricolores em contrato em vigor, com isso temos apenas q contratar algumas peças como um lateral direito, um lateral esquerdo, zagueiro, um meia e um atacante rápido, para essas posições respectivamente temos bons nomes no mercado q não vão requerer muita grana acho eu, como exemplo na lateral direita: (Wagner Diniz-Santos, Nei-Atlético-PR e Paulo Sergio-Vasco) na lateral esquerda: (Triguinho-Santos, Marcelo Cordeiro-Inter e Leonardo-ex-Portuguesa), na zaga: (Adaílton-Santos, Fabão-Santos e Antônio Carlos-Atlético-GO), na meia: (Morais-Corinthians, Edno-Corinthians e Ailton-Nautico) e no ataque:(Leandro-Japão, Felipe-Goiás, Marco Aurélio-Coritiba e Diogo-ex-Portuguesa) com alguns desses nomes somados ao nosso elenco acho q podemos fazer bonito em 2010.

"Vamos Fluzão, Vamos Ganhar!"

Saudações Tricolores,

segunda-feira, 7 de dezembro de 2009

Seguda É O CARALHOOOOOO!!!!!


Galera Tricolor, me desculpem o palavrão mas isso é o meu desabafo, principalmente direccionado aos matemáticos de merda, aos cuzões da imprensa, a paulistada, aos jornais de quinta categoria e aos torcedores abutres dos nossos rivais (Flamerda, Vascú e Bostafogo) e todos aqueles q zoaram o Fluminense qdo tínhamos 98,5% de chance de rebaixamento. A todos vcs novamente SEGUNDA É O CARALHOOOO!!!!!

As vitórias dos outros são simples, quase sem graça. Algumas beiram a banalidade, ao ridículo, as nossas não. As nossas são cardíacas. As dos outros são previsíveis, esquecidas ao apito do primeiro jogo do próximo campeonato, as nossas são inesquecíveis.”

Agora espero q vcs aprendam com a MAIOR E MAIS BELA ARRANCADA DO CAMPEONATO BRASILEIRO e não duvidem mais do Fluminense, pois pra gnt não existe impossível, ainda mais qdo se tem um time de Guerreiros e a Torcida mais bonita e amada do Brasil lado a lado jogando pra vencer!

"Vamos Fluzão, Vamos Ganhar!"

Saudações Tricolores,

quinta-feira, 3 de dezembro de 2009

Valeu Time de Guerreiros!!!!


Galera Tricolor, esse é o sentimento inicial apesar da perda do título, valeu mesmo guerreios fizemos 3 a 0, mas infelizmente ou novamente um juiz se negou a marcar penaltis e faltas a nosso favor, com isso não conseguimos o resultado, mas valeu muito, estou orgulhoso do meu TRICOLOR!

"Vamos Fluzão, Vamos Ganhar!"

Saudações Tricolor,

quarta-feira, 2 de dezembro de 2009

Nada é IMPOSSÍVEL!


Galera Tricolor, IMPOSSÍVEL É APENAS UMA GRANDE PALAVRA USADA POR GNT FRACA Q PREFERE VIVER NO MUNDO COMO ESTÁ EM VEZ DE USAR O PODER Q TEM PARA MUDÁ-LO. IMPOSSÍVEL NÃO É UM FATO, É UMA OPINIÃO, IMPOSSÍVEL NÃO É UMA DECLARAÇÃO, É UM DESAFIO, IMPOSSÍVEL É HIPOTÉTICO. IMPOSSÍVEL É TEMPORÁRIO. OU SEJA NADA É IMPOSSÍVEL...O Fluminense tem uma complicada missão nesta quarta-feira: tirar uma diferença de quatro gols para seguir com possibilidades de conquistar o título da Copa Sul-Americana. Para esse time de GUERREIROS NADA PARECE IMPOSSÍVEL. O desafio do nosso Tricolor diante da LDU é complicado após a derrota para Altitude, o cansaço e as armações no primeiro jogo onde perdemos por 5 a 1 em Quito. Mas o Fluzão tem poder de reação e conta com o apoio da galera Tricolor para fazer história hoje no Maraca, além disso podemos nós mirar tbm em um exemplo argentino para ver q o feito não é impossível. Há nove anos, em uma outra final de torneio sul-americano, uma equipe que perdeu o primeiro jogo da decisão por quatro gols riu por último e levantou a taça. O autor da façanha foi o Rosário Central, q conquistou o título da Copa Conmebol de 1995 em cima de um clube brasileiro: o Atlético-MG.
No jogo de ida, no Mineirão, o Galo fez a festa diante da torcida, vencendo por 4 a 0. O título parecia certo. E a torcida já gritava: "É Campeão!!!". Mas o panorama mudou no estádio Gigante de Arroyito. Empurrado pela fanática torcida local, o time amarelo e azul da cidade de Rosário marcou três gols no primeiro tempo – Da Silva (23 minutos), Carbonari (39) e Cardelli (40). Precisando de mais um gol, o time argentino pressionou e conseguiu seu objetivo aos 44 minutos da etapa final, novamente com Carbonari, vencendo o goleiro Taffarel, grande nome do Alvinegro mineiro naquele ano. Na disputa por pênaltis, os argentinos foram mais eficientes, venceram por 4 a 3 e ficaram com a troféu. O Fluminense tbm pode se mirar em um exemplo europeu. Nas quartas-de-final da Liga dos Campeões de 2004, o La Coruña ficou em situação difícil ao ser goleado por 4 a 1 pelo Milan, na Itália. Mas, no jogo de volta, na Espanha, fez 4 a 0. O mesmo placar q o Tricolor carioca precisa para levar a decisão da Copa Sul-Americana 2009 para a prorrogação. Se o Flu tem 90 minutos para marcar quatro gols, o Vasco em 2000 teve metade deste tempo para cumprir a meta das quatro bolas na rede. E conseguiu. Na decisão da Copa Mercosul, o time de Romário, Juninho Pernambucano, Juninho Paulista e cia foi para o vestiário perdendo por 3 a 0 para o Palmeiras, no Palestra Itália. Na etapa final, virou o placar e comemorou o título. O nosso Tricolor tbm teve apenas 45 minutos para fazer 3 gols do Cruzeiro vice da Libertadores de 2009 e conseguiu uma virada histórica por 3 a 2, vale lembrar tbm q a LDU não ganhou um jogo fora de casa, só fez valer a força da covardia da Altitude, com isso aqui vamos mostrar ATITUDE, COM FORÇA RAÇA E CORAÇÃO O FLUZÃO VAI SER CAMPEÃO!!!!!

"Vamos Fluzão, Vamos Ganhar!"

Saudações Tricolores,

segunda-feira, 30 de novembro de 2009

Fluzão goleia e sai da zona de rebaixamento


Galera Tricolor, o Fluzão continuou sua grande reação neste Brasileiro e goleou o Vitória-BA por 4 a 0 no Maraca, essa vitória foi um grande passo para permanecer na série A em 2010. Com a vitória continuamos a contrariar os números, os matemáticos, os comentaristas e todos q torcem contra o Tricolor, pois o q parecia improvável para eles aconteceu e com ajuda dos adversários diretos (Cúritiba e Bostafogo) o Fluzão saiu da zona do rebaixamento pulando para 15º e agora só depende dele para conseguir a maior reação já vista num Campeonato Brasileiro.

O JOGO:

Embalado mais uma vez pela grande torcida Tricolor q fez uma bela festa com balões de ar, pintando o Maracanã de verde branco e grená, o Fluminense começou com tudo e com cinco minutos já abriu 2 a 0 no placar praticamente definindo o jogo. Aos quatro, Fred recebeu na intermediária, tocou rápido para Equi González q inteligentemente rolou para Alan. O garoto de Xerém invadiu a área e chutou na saída do goleiro, abrindo o placar. No minuto seguinte, Conca tocou para Fred e ele com muita categoria chutou colocado, no ângulo de Gleguer, marcando um golaço e explodindo o Maraca de alegria. A galera empolgada já mandava um recado para o próximo adversário: "O LDU, pode esperar q a sua hora vai chegar". Dps dos gols o Fluzão passou a tocar a bola para o lado buscando administrar o jogo e se poupar para o duelo de quarta-feira. Mas aos 24, Alan recebeu belo passe na esquerda, partiu com muita velocidade, mas demorou para chutar e acabou perdendo para a defesa. Três minutos depois, Dieguinho tabelou com Alan, invadiu a área e mandou sobre o travessão. Aos 40, Diogo sofreu uma pancada no tornozelo esquerdo, mesmo problema q sentiu no jogo contra o Sport no último domingo, e deixou o campo para a entrada de Maurício. Aos 47, foi a vez de Rafael salvou o Flu. Vanderson recebeu na entrada da área e mandou uma bomba. O goleirão se esticou todo e fez uma bela defesa mandando para escanteio. Na volta para o segundo tempo, a primeira oportunidade foi do Fluzão. Maurício aproveitou a cobrança de escanteio e pegou de primeira, mandando no meio do gol. Gleguer encaixou a bola. Aos 13 minutos, quase quase gol do Flu. Fred recebeu cara-a-cara com o goleiro, tentou rolar para Conca, mas acabou desarmado. Mas a torcida tricolor nem teve tempo para se lamentar. Na sequencia da jogada, a dupla argentina funcionou. Equi González deu belo passe para Conca, q invadiu a área e mandou no ângulo: 3 a 0. Aos 24, Cuca fez a segunda substituição, colocando Adeílson no lugar de Alan. Logo depois, Fred sofreu uma pancada e foi substituído por Marquinho. Aos 35, Adeílson arrancou com velocidade e foi derrubado na entrada da área por um zagueiro baiano, q foi expulso. Na cobrança da falta, Equi pegou bem na bola, q saiu tirando tinta da trave direita de Gleguer. Aos 42, dps de uma arrancada de Adeílson, Conca aproveitou o rebote e empurrou para o fundo da rede: 4 a 0. Dps do gol Tricolor, os jogadores do Vitória perderam a cabeça e resolveram partir para a agressão. Depois da confusão, o árbitro expulsou Diguinho e Leandrão e um logo dps encerrou a partida. Mas nada disso atrapalhou a nossa festa, agora é mudar novamente o foco e concentração total para virar o placar da final da Sul-Americana, pois das arquibancadas o som q se ouvia era: "É Guerra, É Guerra, Quarta-feira é Guerra!!!!!" e é com esse espírito q entraremos em campo contra LDU.

O Fluminense jogou com: Rafael, Mariano, Gum, Dalton e Dieguinho; Diogo (Maurício), Diguinho, Equi González e Conca; Alan (Adeílson) e Fred (Marquinho). Técnico: Cuca.


"Vamos Fluzão, Vamos Ganhar!"


Saudações Tricolores,


sexta-feira, 27 de novembro de 2009

Tricolores na vitória ou na derrota


Galera Tricolor, nossa torcida é d+ e mostrou isso ontem, pois a torcida do Fluminense ontem foi muito além da compreensão dos desavisados mesmo. Nossa torcida está se superando a cada dia e ontem ela viveu um de seus maiores momentos. O “time de guerreiros”, conforme a torcida cantou, q infelizmente foi derrotado pela LDU, pela altitude, pelo cansaço e por um árbitro safado q permite gol com duas bolas em campo, teve uma recepção comovente e merecida.(com direito à 400 torcedores, bateria, faixas, gritos de incentivos e muito pó de arroz) . Se os jogadores tinham alguma dúvida se a torcida continuaria apoiando da mesma forma, não têm mais. A união entre este time e a torcida é maior do q nunca. Se os jogadores estavam desanimados, com a moral baixa, não estão mais. Para todos q estiveram no aeroporto ficou a clara sensação de q cada jogador vai buscar forças onde houver e onde não houver para os três últimos jogos. O pacto foi formado. Não há como quebrá-lo agora. Lotar o Galeão e fazer nele uma festa digna de Maracanão foi uma mostra do que essa torcida é capaz. Mas ainda está longe de acabar…Temos mais três jogos e dois objetivos: o título e escapar da série B. O fato do time chegar nos braços da torcida mesmo dps de uma derrota mostra duas coisas, q somos Tricolores na vitória ou na derrota e q o Fluminense é o mais amado do mundo! O jogo de volta é só na próxima quarta-feira mas conseguimos fazer 1 a 0 ontem, LDU pode esperar q a sua hora vai chegar! Não importa o resultado do 1º jogo. Não importa o "impossível". Os jogadores vão lutar até o fim. E nós tbm. Vamos cantar com raiva, com ódio e com muito amor ao TRICOLOR!

"Vamos Fluzão, Vamos Ganhar!"

Saudações Tricolores,

quinta-feira, 26 de novembro de 2009

Altitude e Cansaço derrubam do Flu em Quito


Galera Tricolor, o jogo de ontem em Quito foi daquele para esquecer, infelizmente fomos nocuteados violentamente na primeira batalha da final da Sul-Americana por 5 a 1, mas não perdemos a guerra e não perdemos para LDU, simplesmente perdemos para a cruel altitude (3 gols de fora da área utilizando bem a velocidade da bola q os 2.850 m proporcionam) e para o cansaço (o Flu viajou de Recife para São Paulo, depois para Lima no Peru e só dps chegou em Quito, o time deles folgou pelo campeonato local, ainda temos o cansaço do Brasileiro pois jogamos várias "finais" para não cair e as vítimas dessa maratona já aparecem como Digão e Maicon). Podemos tbm reclamar q o primeiro gol deles foi irregular, mas não é hora e nem temos tempo para isso, agora temos q continuar nossa luta no Brasileiro e para isso temos q vencer o Vitória-BA neste domingo no Maraca. Depois do jogo de domingo vamos voltar a pensar na Sul-Americana, todos sabiam q não seria fácil, mas temos q confiar no time q vem de uma linda recuperação quando todos não acreditavam mais na equipe. Eu confio e não vou deixar de ir ao Maraca, quem sabe não vamos conseguir uma virada histórica e levantar a Taça! Quem estiver com medo e não estiver acreditando q fique em casa na quarta-feira. Quem tiver orgulho, coragem e amor ao Tricolor q vá ao Maraca para gritar NENSE sem parar ajudando o time , pois vamos assistir uma das maiores viradas do mundo, pois o nosso Fluminense se supera nos momentos complicados!

"Vamos Fluzão, Vamos Ganhar!

Saudações Tricolores,

terça-feira, 24 de novembro de 2009

Amanhã começa a venda dos ingressos para final


Galera Tricolor, de acordo com o site oficial do nosso Fluminense, os ingressos para a grande final da Copa Sul-Americana, no dia 2, contra a LDU no Maracanã, começarão ser vendidos nesta quarta-feira. Confira abaixo todas as informações:

Fluminense x LDU (Equador) - Copa Sul Americana

Data: 02/12/09 - quarta-feira - horário: 21h50

Abertura dos portões: 19h

Local: Maracanã

Carga total de ingressos colocados à venda: 58.305

Venda antecipada: de quarta-feira (25/11) a terça-feira (01/12)

· Início: 25/11/2009

· Horário: das 9h às 17h

· Local: Sede do Fluminense (exclusiva para sócio e sócio-torcedor), Bilheterias 5 (venda inteira e meia-entrada) e 7 (venda apenas de inteira), Terra Encantada (Barra da Tijuca), Tijuca Tênis Cube (Bilheteria da Rua Desembargador Isidro) e na Sede do Vasco da Gama (São Januário).

· Obs: Na Terra Encantada a venda na sexta-feira (27/11) e no sábado (28/11) será das 10h às 13h.

· Não haverá venda no domingo (29/11).

· Venda pela internet: comprar através do "site" www.ingressofacil.com.br

Venda no dia do jogo: Maracanã das 16h às 22h35

Estarão abertas as seguintes bilheterias:

· Bilheteria nº 5 (Avenida Maracanã) - Todos os setores (inteira e ½ entrada).

· Bilheteria nº 6 (Rua Mata Machado) - Todos os setores (somente inteira).

· Bilheteria nº 7 (Rua Mata Machado) - Todos os setores (somente inteira).

· Bilheteria nº 8 (Av. Radial Oeste) - Todos os setores (inteira e ½ entrada).

· Bilheteria nº 9 (Av. Radial Oeste) - Todos os setores (somente inteira).

    • Limite de venda de ingressos por torcedor: 3 (três) ingressos, com apresentação, obrigatória, da carteira de identidade ou CPF. No caso de estudantes, um ingresso de ½ entrada mediante apresentação da carteira de estudante junto com a carteira de identidade ou certidão de nascimento.

    • Os sócios e sócio-torcedores poderão comprar três ingressos, mas apenas um deles no valor promocional, mediante apresentação da carteira de sócio ou sócio-torcedor, do boleto do último exercício mensal devidamente pago e de documento de identidade. Não será possível a compra por terceiros, mesmo apresentando a documentação do associado e do sócio torcedor.

    • Para ter acesso ao estádio, os torcedores com direito a ½ entrada precisarão levar carteira de estudante ou comprovação de matrícula no ano letivo de 2009.

    • Preço dos ingressos:

· Cadeira Especial: R$ 120,00 (cento e vinte reais)

· Arquibancada branca: R$ 40,00 (quarenta reais)

· Arquibancada verde e amarela: R$ 30,00 (trinta reais)

· Cadeira Comum: R$ 20,00 (vinte reais)



OBS: Amanhã tbm começa a venda dos ingressos do jogo de domingo 29/11 contra o Vitória-BA pelo Brasileiro, com a carga máxima de 58.305, os valores são os mesmos do jogos anteriores custando a arquiba R$ 15,00 - Não haverá venda no dia do jogo.

"Vamos Fluzão, Vamos Ganhar!"

Saudações Tricolores,

segunda-feira, 23 de novembro de 2009

Fluzão vence outra e só depende de si


Galera Tricolor, o Fluzão conquistou mais uma bela vitória desta vez a vítima foi o Sport q perdeu em casa por 3 a 0, com isso aumentamos nossa série invicta para 12 jogos e já estamos com 8 vitórias consecutivas. Desta forma seguimos firmes na luta contra o rebaixamento e agora com os resultados da rodada só dependemos de nossas forças para fugir do rebaixamento. As chances de rebaixamento q já foram de 99% hoje estão em 54%.

O JOGO:

A partida começou morna com estratégia do Fluzão sendo bem clara: arriscar-se pouco, para não ser surpreendido por um adversário já rebaixado e q nada tinha a perder nesta partida. Assim, até mesmo Alan voltava no meio para marcar qdo necessário. Na frente, porém, o matador Fred participou muito pouco do primeiro tempo, as melhores jogadas eram às tramas de Mariano e Dieguinho, q apareciam com frequência. Apesar de se arriscar pouco e jogar com cautela, o nosso Tricolor, esperava o momento certo de matar a partida. Com isso a equipe foi melhor e na parte final do primeiro tempo, o Fluminense evoluiu e partiu mais para o ataque. Mariano saiu na cara do goleiro e por falta de coragem em vez de chutar, cruzou. Em outro lance Conca driblou dois adversário e na meia lua foi traído pelo mau estado do gramado e chutou pra fora, na primeira etapa apenas isso e o placar 0 a 0. No segundo tempo o equilíbrio da metade inicial se repetiu, aos pouquinhos, os sinais da maratona Tricolor, já era possível notar algum desgaste físico dos jogadores Tricolores, q perdiam as divididas e, à exceção de um ou outro, não corriam mais com a mesma intensidade, dando mostrar de q o guerreiro ficara enfraquecido. Mesmo assim num lance com Fred mandando uma bomba à queima-roupa para linda defesa do goleiro do Sport, no lance seguinte saiu o gol do Flu. Aos 21, Maurício cruzou para a área e Zé Antônio fez contra. Neste momento, o Bostafogo empatava e, enfim, depois de 26 rodadas, o nossoTricolor se via fora da zona de rebaixamento, dependendo apenas de si a partir de então. Mas como já disse antes não quero sair por sair e dps voltar, quero sair do rebaixamento de vez para não voltar mais e me livrar de vez desse mal. Mas o Fluzão não parou por aí. O Sport veio pra cima e, deixou um buraco em seu campo. Aos 28, de repente, surgiram Conca e Fred, num contra-ataque, para definir a jogada. O craque Argentino, o melhor em campo, serviu com maestria o nosso matador Fred, q não perdoou fazendo 2 a 0. Fred já soma 11 gols em 12 jogos desde seu retorno após lesão. Dps disso foi só tocar a bola, com um pouco mais de fôlego, já q Cuca colocou Urrutia, Equi e Kieza (fora há quase dois meses) em campo. Aos 41, o Sport já estava com dois a menos e sobrava espaço, então numa tabelinha Conca e Kieza, o Argentino saiu na cara do goleiro e fechou o caixão do Sport com uma bomba de canhota 3 a 0. Agora é mudar o foco novamente e partir com tudo para a final contra LDU, vamos enfrentar o cansaço, o adversário e altitude, mas temos sede de vingança e por isso só o título interessa. O Fluminense jogou com: Rafael; Gum, Dalton e Cássio; Mariano, Diogo (Urrutia), Maurício (Equi González), Darío Conca e Dieguinho; Alan (Kieza) e Fred. Técnico: Cuca

"Vamos Fluzão, Vamos Ganhar!"

Saudações Tricolores,

quinta-feira, 19 de novembro de 2009

Vitória na raça e com sorte de Campeão!


Galera Tricolor, não deu na técnica, então foi na raça e com uma grande pitada de sorte de Campeão. Assim o nosso Fluminense se classificou para a final da Copa Sul-Americana ao bater o Cerro Porteño por 2 a 1, com uma virada histórica, nesta quarta-feira, no Maracanã. Essas vitórias de tirar o folego já são marca registrada de nosso time. A torcida deu mais um show e empurrou o time, nem mesmo a covardia dos paragaios ou conivência do árbrito tirou o brilho de nossa classificação, agora é ir com tudo para Final.

O JOGO:

Mal começou a partida e o Fluminense já foi levando um grande susto. Com apenas seis minutos, numa cochilada geral da zaga tricolor, Cáceres ficou sozinho numa bola sobrada para abrir o placar para o Cerro. O gol não abalou a torcida, q continuou apoiando, mas o time sentiu. Em campo, era dava para perceber o nervosismo do Fluminense. A nossa equipe tentava de qualquer jeito, na base de chutões de longe e de jogadas mal trabalhadas. O desafogo tricolor aconteceu aos 12, quando Maicon foi à linha de fundo e rolou para Mariano. Da marca do pênalti, o lateral bateu muito forte fazendo a bola subir. Aos 19, pressão do Fluzão. Conca cobrou falta na segunda trave, a defesa do Cerro parou pedindo impedimento e Gum apareceu livre para cabecear para o meio da área. Herner tentou cortar, quase fez contra e Barreto colocou para escanteio. Na cobrança, Conca cobrou direto e por muito pouco não fez gol olímpico. O goleiro espalmou por cima do travessão e deu continuidade à série q chegou a cinco escanteios consecutivos. Neste momento o Fluminense já tomava conta do jogo, mas o Cerro se defendia com segurança. Aos 30, o q todos temiam aconteceu e o desgaste da maratona de jogos Tricolor se refletiu em lesão. Um dos destaques da equipe, Maicon "Bolt" partiu em velocidade para dividir com o goleiro Barreto, sentiu lesão muscular na coxa direita e deu lugar ao xodó Alan. Sem Maicon, Fred foi ao fundo e rolou com açúcar para Mariano soltar uma bomba de canhota, aos 34. O chute ia entrar, mas Barreto fez uma defesa espetacular. Na sequência, após cobrança de escanteio, Digão chutou forte no bico da pequena área. A bola explodiu em Dalton e saiu. Aos 40, Conca ainda teve boa oportunidade em falta na entrada da área e acertou a barreira. Veio o segundo tempo e o Tricolor voltou a ser bem mais time que o Cerro. Com disposição, vontade e atitude, o Flu encurralou os paraguaios em seu campo de defesa. Aos quatro, Mariano colocou a bola na cabeça de Fred, que testou nas alturas. No entanto, estava faltando qualidade. Conca errava muitos passes. Mariano (destaque e arma importante nos últimos jogos) tbm estava numa noite infeliz. E até Fred nosso matador perdeu gols q não costuma errar. Mesmo sem muita qualidade o jogo ficou mais aberto, e Fred desperdiçou outra excelente oportunidade, aos 11. Marquinho descolou grande passe para o atacante na marca do pênalti, ele dominou, ajeitou o corpo e definiu a jogada para defesa sensacional do goleiro Barreto. Com marcação forte no campo ofensivo, o Tricolor pressionava e Digão levou perigo, aos 18, após cobrança de escanteio. Aos 21, foi a vez de Diguinho tentar a sorte. O volante tabelou com Alan e chutou por cima da meta de Barreto. No lance seguinte, o próprio Alan concluiu. O atacante recebeu de Conca e arriscou com força de canhota, tirando tinta da trave esquerda do goleiro paraguaio. Aos 35, Fred esteve muito perto de marcar. Ele recebeu de Diguinho dentro da área, mas foi abafado por Barreto. Conca chutou forte da meia lua e a bola passou muito perto da trave direita do goleiro paraguaio. O jogo passou a ser de ataque contra defesa. Com 11 jogadores atrás da linha da bola, o Cerro não dava espaços para o Tricolor criar, e o jeito foi arriscar de longa distância. Diguinho tentou, aos 42, e isolou. Aos 44, Adeílson cruzou com capricho para Fred, que, livre, na pequena área, testou rente ao travessão. Porém, qdo a disputa por pênaltis parecia inevitável, a um minuto do fim, uma bola alçada na área q parou no jeito para Gum chutar no canto. O zagueiro tricolor teve a tranquilidade de um atacante e marcou o gol q explodiu o Maraca e q daria a classificação. Logo dps, o goleiro do Cerro se lançou à frente no desespero e, no contra-ataque, Alan recebeu de frente para o guarda-metas adversário. Aí ficou fácil d+. Com muita frieza, o jovem atacante driblou Barreto duas e tocou para o gol vazio, fechando o caixão dos paraguaios. Festa Tricolor para mais uma final Internacional, agora é jogar com raça e garra para ser Campeão!!!! “LDU, pode esperar, a sua hora vai chegar”.
O Fluminense jogou com: Rafael, Gum, Dalton e Digão (Carlos Eduardo); Mariano, Diogo, Conca, Diguinho e Marquinho (Adeílson); Maicon (Alan) e Fred. Técnico: Cuca.

"Vamos Fluzão, Vamos Ganhar!"

Saudações Tricolores,

quarta-feira, 18 de novembro de 2009

Mais de 26 mil já vendidos


Galera Tricolor, temos q apoiar e muito o time na disputa da semifinal da Sul-Americana contra o Cerro-Porteño, já foram vendidos até ontem 26 mil ingressos, existe a expectativa de mais de 40 mil pessoas no Maraca. Vamos mostra nosso apoio e confiança ao time, pois somos o 12º jogador desse time. O Fluminense tem uma pequena vantagem e joga pelo empate por qualquer placar, devido a boa vitória no Paraguai, mas não podemos sentar no resultado do jogo de ida, com isso temos q jogar com o regulamento debaixo do braço contra a perigosa equipe Paraguaia, q fora de casa mostrou q não é boba e já ganhou do Bostinha por 3 a 1. Devemos manter o mesmo ritmo de nossa recuperação nos últimos jogos, onde já são 11 jogos invictos e 6 vitórias seguidas. O técnico Cuca vai ter todos os titulares a sua disposição e a única mudança fica na ala esquerda por conta da entrada de Marquinhos no lugar de Dieguinho q não está inscrito na competição. É importante jogar com muita paciência, contando com o apoio da torcida Tricolor, para carimbar o passaporte para mais uma final Internacional. Amanhã já será outro dia independente do resultado e será foco total no Sporrat para o jogão de domingo no Recife na luta contra o rebaixamento, pois essa partida dependo dos outros resultados pode representar nossa saída da zona perigosa.

"Vamos Fluzão, Vamos Ganhar!"

Saudações Tricolores,

Homenagem merecida


Galera Tricolor, o nosso craque argentino Conca, recebeu uma justa homenagem de nossa torcida, uma linda bandeira com o seu rosto estampado nela. Isso retrata o carinho e o respeito q a nação Tricolor tem com o meia, q sempre demonstrou muita luta e dedicação defendendo as cores Tricolores. Já não é de hoje q Conca é um dos melhores do Fluzão, pois trata-se de um jogador diferenciado e de muita habilidade. Conca agora se junta ao seleto grupo de craques como Assis, Romerito e Thiago Silva q tem seus rostos estampados em bandeiras. Vale resssaltar tbm q há uma faixa muito bonita com o rosto de vários craques Tricolores como Castilho, Edinho, Rivellino e outros, mostrando mais uma vez q nossa torcida reconhece a importância de seus craques do passado e do presente. Agora cabe ao argentino continuar jogando muita bola e fazendo jus a essa e outras homenagens.


"Vamos Fluzão, Vamos Ganhar!"


Saudações Tricolores,

segunda-feira, 16 de novembro de 2009

Fluzão vence mais uma e continua na luta


Galera Tricolor, a arrancada do nosso Tricolor continua. O Fluzão conquistou ontem a sexta vitória consecutiva, ao vencer o Patético-PR por 2 a 1, aumentando a sequência invicta, q já dura 11 jogos. Faltam mais 3 jogos para o fim do Campeonato. A rodada não foi perfeita mas mesmo assim novamente foi boa para o nosso time, q reduziu a diferença de 5 para 2 pontos do Bostafogo, ou seja chegamos de vez neles, q são o primeiro time fora da zona de rebaixamento do Brasileirão. Conseguimos tirar 3 pontos do próprio Patético-PR caindo a diferença para 4 pontos, baixamos a diferença do Vitória-BA q era de 8 para 5 pontos e mantivemos a diferença para o Cúritiba de 5 pontos. Sem falar q abrimos 4 pontos do Santo André e do Nauticú. Com o Maraca novamente lotado por mais de 55 mil Tricolores, q fizeram mais uma bela festa com direito a chuva de pó de arroz, a equipe do Fluzão mandou no jogo e conseguiu construir a vantagem explorando o talento individual do trio formado por Conca, Maicon e Fred. Foi dos pés deles q os dois gols se desenharam. O segundo foi uma obra prima do craque argentino, q fez belíssima jogada individual, tocando para o Maicon Bolt Tricolor encobrir o goleiro e correr para o abraço. Novamente nosso matador pegou mais um, Fred fez o 10º gol, nos dez jogos disputados desde a sua volta da lesão. Se na frente o Fluminense continua dando conta do recado, a evolução tbm foi mantida na parte defensiva o trio Gum, Dalton e Digão jogaram muito, e em mais uma noite inspirada do goleirão Rafael, o paredão tricolor, q fez pelo menos três grandes defesas. Agora o Fluzão muda o foco e volta a campo na próxima quarta-feira para enfrentar o Cerro Porteño, no jogo de volta da semifinal da Copa Sul-Americana. Como venceu o primeiro confronto por 1 a 0, o nossoTricolor pode até empatar a partida q garante vaga na grande final. Já pelo Brasileiro, o próximo confronto nessa luta contra rebaixamento será no domingo, contra o Sporrat, na Ilha do Retiro. O técnico Cuca já tem dois desfalques para o jogo: o zagueiro Digão e o volante Diguinho, q levaram o 3º cartão amarelo e cumprirão suspensão, quem entrar deve jogar com raça e manter o nível em busca de mais uma vitória.

O JOGO:

A partida começou meio tensa, bastante truncada no meio de campo. Marcando forte, as duas equipes pouco chegaram ao gol. Até q aos 17 minutos, uma bela jogada individual fez a diferença e abriu o placar no Maraca. O craque Conca rolou para Maicon na esquerda, o Bolt Tricolor invadiu a área como um raio, deixando o zagueiro para trás, e cruzando para Fred, de carrinho, com grande oportunismo empurrar para o fundo da rede: 1 a 0. Na comemoração, o artilheiro repetiu a comemoração das últimas paridas e jogou corações à torcida, q mais uma vez fez uma bela festa nas arquibancadas. Se na frente o talento individual começou decidindo o jogo o mesmo pode-se dizer do goleiro Tricolor. O arqueiro Rafael fez pelo menos duas grandes defesas. Aos 31, quase o segundo gol tricolor. Conca cobrou falta na área, a bola bateu na canela de Rhodolfo e sobrou para Maicon, q mandou uma linda bicicleta. Galatto, no susto, conseguiu por milagre fazer a defesa. Nove minutos depois, a torcida tricolor chegou a comemorar achando que a bola tinha entrado. Conca novamente cobrou falta com categoria e a bola acertou a rede, mas pelo lado de fora. O Patético-PR voltou diferente para a segunda etapa. O Delegado Gaga Antônio Lopes colocou o atacante Alex Mineiro no lugar o volante Everton. Logo aos dois minutos, eles chegaram com perigo.ou de primeira e mandou para fora. O Fluzão revidou aos quatro minutos. Diguinho fez bom lançamento e Maicon, tbm de primeira, mandou para fora. Aos 17, o Fluminense com Conca chutou de fora da área e Galatto fez boa defesa. Aos 18, não teve jeito e dps de mais uma belíssima jogada individual se desenhou o segundo gol do Fluzão. Conca deu passe preciso para Maicon, de cobertura, mandar para o fundo da rede, um golaço q explodiu o Maraca de alegria: 2 a 0. Aos 26, , Fred recebeu na área e, de calcanhar, tocou para Diguinho, q prensado mandou sobre o gol. Aos 31, quase o terceiro do Flu. Após saída de bola errada do Atlético, Diguinho tocou para Conca. O argentino achou Fred livre na área, mas o artilheiro acabou perdendo um poucp o domínio da bola e na conclusão o goleiro Galatto defendeu com a perna. Cuca não se acomodou com a vantagem no placar e sentindo que poderia aumentar a vantagem deu velocidade ao time, fazendo duas substituições. Tartá entrou no lugar de Maicon e Marquinho entrou no lugar de Dieguinho. Mas logo depois, o Patético diminuiu a vantagem, aos 38 minutos. Paulo Baier cruzou na área novamente no primeiro pau e Alex Mineiro ajeitou para Marcelo, q chutou no canto de Rafael: 2 a 1. O coração dos Tricolores ficou apertado na reta final. Cuca fez a terceira substituição e colocou Maurício no lugar de Diguinho. O Patético no desespero se jogou todo ao ataque. A agonia só terminou com o apito final do árbitro, aí a festa tomou conta do estádio. Os jogadores, como nas últimas partidas, demoraram a deixar o campo e comemoraram a vitória com os torcedores.

O Fluminense jogou com: Rafael, Gum, Digão e Dalton; Mariano, Diogo, Diguinho (Maurício), Conca e Dieguinho (Marquinho); Maicon (Tartá) e Fred. Técnico: Cuca.


OBS: O Maicon Bolt Tricolor tá correndo e jogando muitooooooooo!!!!!


"Vamos Fluzão, Vamos Ganhar!"


Saudações Tricolores,

sexta-feira, 13 de novembro de 2009

Washington Day - Valeu Matador


Galera Tricolor, neste domingo vamos lotar o Maraca para empurra o Fluzão rumo a mais uma vitória nesta recuperação no Brasileiro. Porém, neste mesmo domingo dia 15 de novembro de 2009 e no mesmo Maraca, teremos um momento mágico, onde cada um de nós Tricolores, podemos fazer a diferença em nome de um jogador q muito ajudou o Fluminense a fazer a diferença no passado recente, numa das décadas mais vitoriosas do história do clube. O grande foco das atenções será nosso eterno artilheiro Washington, q, junto com o tbm lendário Assis, formou o inesquecível Casal 20 e enlouqueceu as defesas adversárias com vários gols importantes e jogadas marcantes, q nos renderam um tricampeonato carioca (1983/1984/1985) e um Campeonato Brasileiro (1984). Dessa vez, nós poderemos demonstrar toda nossa gratidão pelos serviços prestados pelo nosso Washington colaborando com a campanha “Washington Day”. Trata-se de uma ação q visa arrecadar fundos para o tratamento do nosso artilheiro, q é vítima de uma doença grave, conhecida como ELA (Esclerose Lateral Amiotrófica, cujo tratamento é caríssimo. A arrecadação será feita através de sete urnas, em todos os acessos do estádio, recolhendo doações de torcedores. Apóio a nobre ação e vão tbm dar a minha contribuição neste domingo, afinal de contas não custa a ajudar um ser humano, ainda mais quando esse foi um de seus ídolos na infância, isso será mínimo diante de tantas alegrias q Washington já deu a nós, com seus 118 gols em 301 jogos. Vamos comparecer ao Maracanã, torcer muito nos 90 minutos pelo nosso Fluzão, vamos tbm reservar um espaço em nosso coração para ajudar o nosso inesquecível artilheiro. Vamos mostrar a todos o quanto nós valorizamos nossos ídolos do passado, verdadeiros patrimônios do Fluminense Football Club!


"Vamos Fluzão, Vamos Ganhar!"


Saudações Tricolores,

quinta-feira, 12 de novembro de 2009

Grupos defindos para o Carioca de 2010


Galera Tricolor, nesta tarde na FERJ foram definidos os grupos do Campeonato Carioca de 2010, a fórmula de disputa será a mesma deste ano. No primeiro turno, todos jogam contra todos em seus grupos. Os dos primeiros avançam para as semifinais. Na Taça Rio, há o confronto entre as chaves e os dois melhores também passam às semifinais. O Campeonato Carioca terá início no dia 16 de janeiro. O Fluzão fará sua estreia contra o Americano em Campos. O jogo será no dia 16 ou 17 de janeiro. Essa partida será nosso primeiro passo para conquistar-mos nosso 31º Carioca. Confira abaixo os grupos do Estadual 2010:

GRUPO A

Fluminense
flamerda
Americano
Bangu
Boavista
Volta Redonda
Duque de Caxias
Segundo colocado da Série B

GRUPO B

Vascú
Bostafogo
Macaé
Madureira
Friburguense
Resende
Tigres
Campeão da Série B

OBS: O Fluzão está no Grupo A e Bostafogo no B do Carioca, será isso um bom sinal????rsrsrsrs

"Vamos Fluzão, Vamos Ganhar!"

Saudações Tricolores,

Fluzão se interessa por "Arena da Ilha"


Galera Tricolor, com as obras no Maraca, parece q teremos uma nova casa em 2010, isso por que o projeto de construção de uma nova Arena, no campo da Portuguesa, na Ilha do Governador, para sediar os jogos de clubes cariocas no Campeonato Brasileiro do ano que vem, interessou bastante ao presidente do Fluminense Roberto Horcades. Segundo representantes da empresa, além do flamerda q já enviou uma carta de intenções, Horcades, tbm apoiou a ideia. Em busca de investimentos na ordem de R$ 25 milhões, a empresa quer iniciar as obras no mês de março e concluí-las em julho de 2010. O projeto prevê um estádio moderno com estruturas fixas e capacidade para até 25 mil pessoas. Ao lado do campo, um palco para shows nos dias sem jogos. O único problema é dividir com os favelados, mas fazer o q, não dá para ser tudo perfeito. Se essa ideia não for para frente a possibilidade mais viável é Volta Redonda.


"Vamos Fluzão, Vamos Ganhar!"


Saudações Tricolores,

Linda Vitória no Paraguai


Galera Tricolor, o Fluzão venceu o Cerro Porteño com gol do artilheiro Fred, na noite desta quarta-feira, em Assunção. Com o resultado o time ganhou uma boa vantagem para o jogo de volta, q será disputado na próxima quarta no Maracanã. O Fluminense pode até empatar o q garante vaga na grande final. Só deu Fluzão no Paraguai.

O JOGO:

Até parecia q estava jogando em casa, tamanha foi a vantagem Tricolor, q terminou o primeiro tempo com 60% de posse de bola. O time não sentiu a pressão do estádio La Olla Azulgrana lotado e, mais uma vez com a marcação adiantada, se impôs sobre o Cerro, chegando com facilidade ao ataque. Aos 23 minutos, Conca foi derrubado na área e o árbitro ladrão argentino Hector Baldassi não marcou o pênalti.
O erro da arbitragem não desanimou o time, q bombardeou a equipe paraguaia, a partir dos 31 minutos, criando uma sequência com três grandes chances de gol. O goleiro Barreto fez belas defesas, salvando os paraguaios. Rafael só trabalhou aos 44 minutos, depois de uma boa jogada do atacante argentino Nanni, q invadiu a área. O goleiro tricolor fez a defesa, a primeira no jogo, com o pé esquerdo.O panorama foi o mesmo no segundo tempo, com Tricolor mandando no jogo e tendo as melhores chances dando muito trabalho para defesa e goleiro Barreto, o gol do Fluzão saiu aos 30 minutos, dps de uma bela jogada individual de Fred. O artilheiro recebeu o lançamento do goleiro Rafael no meio-de-campo, deixou a marcação para trás e chutou para o fundo da rede, marcando o seu nono gol em nove jogos, desde a volta da lesão, q o afastou por dois meses e meio. No fim do jogo, uma cena lamentável. Os jogadores e toda delegação do Fluminense ficaram acuados no campo por mais de dez minutos, porque os torcedores do Cerro atiraram pedras de todos os lados, chegando a atingir um policial. Ninguém do time se feriu. Há dez jogos invicto, vencendo os cinco últimos, o Fluzão agora volta às atenções para o Brasileirão. A delegação tricolor passará a quinta-feira viajando de volta ao Rio de Janeiro e retoma os treinamentos na tarde de sexta, nas Laranjeiras, qdo começa a se preparar para o jogo contra o Patético-PR, q será disputado no domingo, às 19h30, no Maracanã. Esperamos casa cheia para esse jogão na luta contra o rebaixamento e para a partida de volta contra o Cerro.
O Fluminense jogou com: Rafael, Gum, Digão e Dalton; Mariano, Diogo, Diguinho, Conca (Maurício) e Marquinho (João Paulo); Maicon (Alan) e Fred. Técnico: Cuca.


"Vamos Fluzão, Vamos Ganhar!"


Saudações Tricolores,

terça-feira, 10 de novembro de 2009

Mauro Cezar Pereira um grande jornalista


Galera Tricolor, gostaria de dar os meus parabéns para o Mauro Cezar Pereira da ESPN, q um dos poucos jornalista do qual respeito, escuto e leio seu blog, ele tem fama de ser ranzinza. Acho q isso é o preço q se paga por fazer um jornalismo sério, sem tapinha nas costas de jogadores e poderosos. Infelizmente nosso país tem este costume, rotular de chatos os sérios. Pode ser q ele seja realmente um pouco ranzinza. Como não o conheço pessoalmente, prefiro não afirmar nem q sim, nem q não. O q posso dizer, é o q vejo, e vejo q ele é um dos jornalistas esportivos mais sérios e competentes da imprensa brasileira. E quem lê seu blog sabe q ele não é só mau humor, lá tem bastante conteúdo e noticias variadas. Gosto dele pois é um dos poucos q noticiou em seu blog , q torcedores realmente organizados do Fluminense estão se mexendo para fazer a diferença nas próximas eleições do Tricolor das Laranjeiras. Fazendo um movimento de associação em massa, com o objetivo de facilitar a associação de torcedores ao clube para q possam fazer a diferença no pleito de novembro do ano q vem e, através do voto, tirar o poder do Tricolor das mãos de Horcades o presidente falastrão e sua turma. O mesmo Mauro Cezar tbm falou na noite deste domingo sobre a torcida do Fluminense, falou q muito se falam das torcidas de Flamengo, Atlético-MG e Corinthians, mas na verdade ressaltou q nossa torcida inovou o jeito de torcer cantando músicas como os argentinos, o q virou uma febre entre as torcidas de todo o Brasil, mostrou q temos grandes médias de público, mesmo na zona de rebaixamento colocamos mais 60 mil no Maraca e isso acontece desde a série C em 1999 qdo nossa torcida abraçou o time definitivamente. Comentou sobre os shows q fizemos e o quanto nossa torcida mostra empolgação, pois fomos pioneiros com os mosaicos e as escritas com sinalizadores. Falou tbm sobre o movimento popular Legião Tricolor q não é torcida organizada, mas faz a integração entre elas, colocando todos juntos no mesmo espaço para cantar em jogos de menor público, visando assim serem ouvidos de forma forte e contundente, enfim ele mostrou ser um cara muito entendido e antenado no futebol. Um jornalista q não baba ovo de torcidas q são grandes em tamanho, mas não mostram tanta qualidade quanto a nossa!


"Vamos Fluzão, Vamos Ganhar!"


Saudações Tricolores,

O ladrão de novo!


Galera Tricolor, o ladrão do argentino Hector Baldassi foi escalado para apitar amanhã o primeiro jogo contra o Cerro Porteño pela Copa Sul-Americana. Nós Tricolores sabemos muito bem quem é esse sujeito e o q ele fez na final da Libertadores de 2008 (penalti claro em Washington conforme foto, a grande cera da LDU e por fim anulou injustamente a cobrança de penalti de Thiago Neves q resultou em gol), desta forma é inadmissível aceitar a escalação deste juíz ladrão q é mais um que entra para o rol de pessoas q, segundo Roberto Horcades, nunca mais cruzariam a vida do Fluminense. Taí outra prova q nosso presidente não tem voz ativa alguma. O máximo q foi feito foi encaminhar um ofício para o presidente da Conmebol, Nicolaz Leoz(q de nada surtiu efeito). O trabalho teria q ser muito mais pesado. A diretoria tinha q ter feito pressão junto a CBF. Horcades não adora falar q é vice-presidente do Clube dos 13, membro da Fifa, amigo pessoal e médico de Ricardo Teixeira, cadê essa influência qdo a gnt precisa??? O ladrão do Hector Baldassi é um juizinho de merda q não só prejudicou o Fluminense, como o Santos e alguns outros. Aliás, seria dever dos veículos de comunicação repercutir este imbróglio, assim como é dever da assessoria de imprensa do clube contactar a mídia sul-americana, em especial os jornais do país de onde vêm o referido “árbitro” ladrão, a Argentina. O nosso coordenador Branco, tbm poderia usar um pouco de seu prestígio internacional para fazer esta carga junto ao Sr. Leoz. O Fluminense, não é de hoje, tem feito um trabalho muito insatisfatório nos bastidores, permitindo Marcelos de Lima Henrique e Hector Baldassis em nossos jogos. O time passa por um momento de afirmação numa luta contra o rebaixamento, com quatro vitórias consecutivas, e é dever, do presidente Horcades e da própria CBF (embora esta devesse agir por demanda do Fluminense), impedir que um juiz extremamente polêmico e com episódio tão marcante na vida do clube volte a ser o juiz de um jogo tão importante para o nosso Tricolor. Mesmo com esse ladrão no apito vamos torcer para q o Fluzão jogue muita bola e traga um bom resultado para o Rio de Janeiro.


"Vamos Fluzão, Vamos Ganhar!"


Saudações Tricolores

Torcida deu um show contra o paumeiras e domingo tem mais!


Galera Tricolor, o mosaico q a torcida do Fluminense exibiu neste último domingo foi, sem dúvida, um dos mais bonitos do Brasil, quem sabe do mundo. Para vc q não foi ao jogo contra o paumeiras e q não pôde ver, veja um pouco na foto acima. A torcida além do mosaico, cantou o tempo inteiro e empurrou o time para conquistar uma vitória diante do até então lider. Neste domingo teremos mais um duelo agora contra o Patético-PR e temos q ter novamente casa cheia entre 70 e 80 mil. Começará amanhã, a venda de ingressos nas Laranjeiras e nos postos de vendas para o jogo de volta contra o Cerro Porteño e para a partida contra o Patético Paranaense no domingo pelo Campeonato Brasileiro. A diretoria tricolor resolveu continuar com a grande promoção para os torcedores. As entradas para as arquibancadas e cadeiras azuis custam R$ 15, enquanto as especiais vão ser vendidas por R$ 120. Vamos galera colocar quase 80 mil neste domingo e mais uns 45 mil na partida de volta da Sul-Americana.


"Vamos Fluzão, Vamos Ganhar!"


Saudações Tricolores,

segunda-feira, 9 de novembro de 2009

Fluzão abate o Porco e sobe para 17º


Galera Tricolor, com muito sol num domingo lindo e num Maracanã lotado, Fluminense e paumeiras fizeram um duelo acirrado, o nosso Tricolor venceu por 1 a 0 com gol do artilheiro Fred e manteve a chama da esperança acesa para se livrar do rebaixamento. Nesta rodada passamos o Santo André e o Naúticú, tiramos 3 pontos da diferença do Cúritiba, mantivemos o 5 pontos de diferença para o Bostafogo e tbm mantivemos a diferença de 7 para o Patético-PR(nosso adversário na próxima rodada e podemos baixar de 7 para 4).
O JOGO

No primeiro tempo, o jogo foi truncado e o Fluminense teve um pouco mais de superioridade em campo. O time de Cuca tomou a iniciativa logo de início e imprimiu seu ritmo. Já o paumeiras jogava muito recuado e tentava explorar os contra-ataques, mas Vagner Love e Obina ficavam muito isolados na frente. O Tricolor, em pelo menos três oportunidades, poderia ter aberto o placar. Fred, de fora da área, e Dieguinho duas vezes, em chute cruzado e em outro dentro da área, assustaram o goleiro Bruno. O zagueiro Dalton, porém, teve a melhor chance, qdo cabeceou da pequena área e a bola raspou a trave. Os time paulista pouco ameaçou. Porém, qdo chegou, fez o seu gol com Obina, de cabeça. Entretanto, o árbitro Carlos Eugênio Simon "achou" uma falta do atacante em Maicon. Vale ressaltar tbm q o escanteio de onde saiu a jogada do gol foi marcado de forma errada para o paumeiras, ou seja sem o escanteio mal marcado não haveria esse choro. O lance gerou revolta nos paumeirenses, q na saida do campo e nas coletivas após o confronto reclamaram muito da atuação do árbitro. Já na etapa final o panorama se repetiu. O Fluminense tinha mais volume de jogo e criatividade. Já o paumeiras sobrevivia à base de chutão para frente. Impulsionado pelos bons avanços dos laterais, o Tricolor chegava com perigo. O gol, porém, saiu de uma jogada de bola parada. Após escanteio cobrado da esquerda por Conca, Fred se antecipou à zaga e, de cabeça, abriu o placar para o Fluzão, explodindo o Maracanã de alegria. Foi o oitavo gol do artilheiro em oito jogos, desde q retornou da lesão. Fluminense teve a chance matar o jogo numa jogada de Mariano q cara a cara mandou uma bomba para fora. Com muita garra, o Fluminense acabou segurando o jogo até o fim. A vitória fez a torcida acreditar ainda mais q é possível escapar do rebaixamento, já o paumeiras, com a derrota, deixou de voltar à liderança e viu suas chances de título ficarem mais difíceis. É por isso que nosso hino diz “Vence o Fluminense, com o verde da esperança”. Esta esperança está fortalecida.

O Fluminense jogou com: Rafael, Mariano, Dalton; Gum e Digão, Mariano, Diogo; Diguinho e Conca, Dieguinho(Tartá), Fred e Maicon (Alan). Técnico: Cuca.


"Vamos Fluzão, Vamos Ganhar"


Saudações Tricolores,